Você sabe o que é o prolapso da bexiga?

O prolapso da bexiga, também conhecido como bexiga caída, acontece por causa do enfraquecimento da musculatura da região pélvica da mulher. Isso ocorre principalmente entre as paredes da bexiga e da vagina, o que pode ocasionar a queda da bexiga na vagina. Isso também pode acontecer com o útero que pode descer para a vagina.

Uma das principais causas da bexiga caída é o parto vaginal. Durante o processo de parto as paredes da vagina se distendem, sob a ação dos hormônios – para a passagem do bebe – mas elas podem continuar estiradas depois, principalmente nas mulheres que tiveram muitos filhos.

O envelhecimento, a menopausa, a diminuição dos níveis de estrogênios, a constipação intestinal, a obesidade crônica, a genética, cirurgias pélvicas anteriores, dentre outros fatores, também podem influenciar no enfraquecimento dos músculos pélvicos e causar o prolapso da bexiga. A histerectomia que é a remoção do útero também pode estar causar o problema.

Os sintomas do prolapso depende do grau em que a doença está. Caso seja leve e a bexiga se desloque apenas um pouco, raramente existem sintomas visíveis.

Quando o quadro se agrava, a pessoa pode sentir pressão na pelve e na vagina, sensação de corpo estranho e dificuldade ao urinar. Aumento da frequência urinária, incontinência urinária, infecções no trato urinário, e dor no momento de relações sexuais também podem ocorrer. O diagnóstico é feito pelos sintomas apresentados pelo paciente e pelo exame físico realizado pelo especialista.

Tratamento

O tratamento da bexiga caída pode ser feito com exercícios específicos destinados a fortalecer os músculos do assoalho pélvico. Um dos melhores tratamentos que existem na atualidade consiste no uso de pessários. Esses são dispositivos feitos de silicone que são introduzidos na região e contém o prolapso.

Apenas nos casos mais graves é que a cirurgia aparece como opção. Também é recomendado fazer a terapia com estrogênio, paralelamente, para as pacientes que estiverem na menopausa. Logo, o enfraquecimento dos músculos da região pode ocorrer devido à diminuição do hormônio.


Prevenção

O prolapso genital pode ser prevenido por meio de exercícios orientados para o fortalecimento da região pélvica principalmente no pré e pós parto. Além disso, uma dieta saudável e uma boa hidratação são importantes. O controle do peso corporal e da constipação intestinal também são medidas que ajudam a evitar o problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 200px;}