Evite a Cistite após o sexo

Você sabe o que é a Cistite? A doença é causada por uma bactéria que se aloja na bexiga e atinge muitas mulheres após o ato sexual.

Apesar de ser comum, muitas pessoas não sabem o que é ou como tratar. Os sintomas são vários: ardência ao fazer xixi, dor abdominal, vontade frequente de urinar e, às vezes, até febre e sangramento. Se você apresenta um desses problemas e acha está com a infecção, não se desespere. Apesar de estar constantemente ligada as relações sexuais, ela não é uma doença sexualmente transmissível e, não é considerada grave podendo ser tratada facilmente. Entretanto, o quadro pode piorar se a bactéria não atingir apenas a bexiga como também outros órgãos como os rins. Por isso, é importante identificar e tratar rapidamente.

Como acontece?

Geralmente a cistite ocorre depois de relações sexuais, porque nesse momento o corpo entra em contato com muitas bactérias que podem acabar entrando no canal urinário. É mais frequente nas mulheres porque a uretra feminina possui 4 centímetros de largura o que facilita a passagem das bactérias até a bexiga, mas também pode atingir homens. Entretanto, é importante ressaltar que a inflamação também pode ser causada por outras razões como: retenção da urina, má higiene na região e roupas intimas muito apertadas que atrapalhem a ventilação no local e favoreça a proliferação das bactérias.

Como prevenir?

Existem ações simples que podem te ajudar a evitar a infecção. Urinar após o sexo é indicado pois o ato vai te ajudar a eliminar as possíveis bactérias que podem ter se instalado durante a relação. Beber muito líquido também é essencial. Seguir uma dieta balanceada e praticar exercícios físicos é importante pois vai fortalecer o seu sistema imunológico e te deixar mais resistente contra as bactérias.

Como tratar?

Se você apresenta um dos sintomas procure um ginecologista ou urologista de sua confiança. Ele passará as recomendações e os antibióticos necessários para acabar com a inflamação. De forma alguma se automedique. Isso pode até “aliviar” os sintomas, mas não resolverá a infecção e a situação pode piorar.

Uma dúvida comum é se pode transar durante o tratamento. Se o seu quadro estiver estável, você não sentir dor e desconforto, não tem problema. Lembrando que, mesmo que a Cistite não seja uma DST, o uso do preservativo é fundamental sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 200px;}