Sexta, 28 Abril 2017 00:00

Previna infecção urinária nas crianças

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
A doença pode acometer ambos os sexos, mas é mais comum nas mulheres. A infecção pode acometer a bexiga, a uretra e até os rins. Os principais sintomas são dor ou desconforto ao fazer xixi, vontade repetitiva de ir ao banheiro, e sensação de que não esvaziou completamente a bexiga quando urinou. Algumas pessoas acham que a infecção só ocorre em adultos, o que não é verdade. Ela pode surgir em todas as idades, inclusive nas crianças. Na menina As vulvovaginites – inflamações na vulva e na vagina – podem ser um dos motivos do aparecimento de infecções urinária em crianças. Por isso, é importante fazer um exame clinico preventivo para avaliar a vagina da menina. Antes de um ano de idade, já é possível identificar alterações no desenvolvimento da estatura, sintomas e sinais na vagina que podem chamar atenção para o problema. É importante que os pais ensinem desde cedo suas filhas a terem hábitos de higiene íntima diariamente. Um problema comum nessa fase é a forma errada de se limpar após defecar, fazendo com que as vezes as fezes tenham contato com o períneo e a vagina e contaminando a área. Isso pode contribuir para o surgimento de infecção urinária baixa, ou seja a cistite. Por isso, fique atento a higienização das crianças. No menino Quando nasce, o menino tem a fimose fisiológica, que pode permanecer até os quatro anos de idade. Essa patologia consiste na dificuldade de expor a glande após a retração da pele que a cobre. Com isso, pode ocorrer a balanopostite que é a inflamação dessa região do pênis da criança e isso pode facilitar o aparecimento da infecção urinária. Para prevenir e evitar o surgimento da infecção, além da devida higienização do local, é indicado que não deixe a criança permanecer muito tempo com peças íntimas úmidas nos órgão genitais. Por isso se o seu bebe fez xixi, troque logo a fralda. Também é recomendado beber muita água. Existem pesquisas que indicam que uma alimentação rica em macrobiótica e cranberry pode contribuir para a inibição da infecção urinária de repetição, mas isso ainda não foi comprovado. Se não tratada, a infecção urinária baixa, pode evoluir para pielonefrite que pode gerar complicações e cicatrizes nos rins. Por isso, mantenha os cuidados na higiene íntima das crianças, siga as indicações que trouxemos, e ao menor sinal de infecção urinária procure um especialista para fazer o diagnóstico e iniciar o tratamento adequado.
Acessado 217 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Avenida Santos Dumont, 5753
Torre Saúde Sala 1306
Complexo São Mateus
CEP: 6019-2018
Fortaleza Ceará
Telefones / Whatsapp:
(85) 9 9922.3133 / 9 8885.0372
Email: drandrenobrega@gmail.com