Incontinência urinária durante a atividade física: Aprenda 3 formas para evita-la

Incontinência urinária durante a atividade física: Aprenda 3 formas para evita-la

 

Praticar atividade física traz uma série de benefícios à nossa saúde física e mental em curto, médio e longo prazo. No entanto em alguns casos e, principalmente nas mulheres, o excesso de exercícios pode desenvolver incontinência urinária por esforço.

Para quem pratica atividades com alto impacto, como Crossfit e corrida, as chances de desenvolvê-la é ainda maior. Segundo um estudo feito Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), as praticantes destas modalidades têm nove vezes mais chances de ter escapes de urina durante a prática. E ao contrário do que muitos pensam, neste caso não tem nada a ver com a idade: segundo a fisioterapeuta uroginecológica Cláudia Antunes Guimarães, “A partir de 25 anos, mesmo sem ter filhos, pode ocorrer. Muitas mulheres têm barriga tanquinho, são fortes e resistentes, mas seu assoalho pélvico é fraco”. Por isso, selecionamos algumas dicas que podem te ajudar a evitar que a incontinência urinária não te impeça de fazer suas atividades físicas com regularidade:

 

Dica 1: Se atente ao assoalho pélvico

Evitar exercícios que não fazem pressão nesta região, pode ser uma alternativa para evitar que a perda involuntária de urina aconteça nesta ocasião. Sentar ou deitar entre os intervalos dos exercícios também ajudam a reduzir o impacto da pressão na bexiga. Alguns fisioterapeutas recomendam que você faça um dos “apertos de Kegel”, caso você sinta que algo está incomodando nos músculos centrais.

 

Dica 2: Ajuste a ingestão de líquidos

Ao contrário do que muitos pensam, quem sofre de incontinência não deve reduzir a ingestão de água durante as atividades físicas e isso não deve acontecer por dois motivos: primeiro porque, durante a atividade física nós perdemos muito líquido e nosso precisa repor o que está perdendo. A segunda razão é porque a água dilui a urina, fazendo com que ela se torne menos propensa a causar irritação na bexiga. Nossa recomendação é que duas horas antes de iniciar sua atividade, você evite ingerir líquidos, uma vez que isso evita que você esvazie completamente a bexiga e evite acidentes.

 

Dica 3: Esteja sempre atento a intensidade e não desista

Existe uma tendência muito grande nos últimos anos em por exercícios de alta intensidade, como boxe e crossfit, mas se você tem problemas com incontinência, comece pelos mais leves como uma caminhada ou exercícios que tenham uma intensidade mais alta com baixo impacto (como o hiit). Mas lembre-se; sempre consulte seu médico e preparador físico para entender qual é o mais adequado para você.

E claro: não desista. Por mais que haja receio de fazer exercícios, ele é algo essencial para tratar este problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 200px;}