INCONTINÊNCIA URINÁRIA DE ESFORÇO DURANTE EXERCÍCIOS

INCONTINÊNCIA URINÁRIA DE ESFORÇO DURANTE EXERCÍCIOS

Em mulheres, o esporte de alto rendimento e alto impacto aumenta em nove vezes o risco para incontinência urinária, porém o risco do aparecimento da complicação depende da modalidade esportiva praticada, ou seja, modalidades que exigem maior movimentação e mobilidade do chamado assoalho pélvico da atleta. Práticas esportivas tais como : corrida, atletismo, basquete, futebol, crossfit, musculação, dentre outros exercícios com uso de carga, possuem maior probabilidade de perda de urina durante essa prática.
Há pouco conhecimento ao funcionamento dos músculos do assoalho pélvico em relação a prática desportiva, sabe-se, porém, que seu deslocamento abrupto, associado ao impacto, comum nessas práticas esportivas, possam causar perda de urina e constrangimento para a atleta. Alterações hormonais e alimentares, poderiam comprometer a capacidade de contração destes músculos, causando perda de urina .

A avaliação de um especialista em Uroginecologia é fundamental para o diagnóstico e tratamento adequado dessa modalidade tão peculiar de incontinência urinária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 200px;}