Infecção urinária: causas, sintomas e tratamentos

Também conhecida como: Infecção do Trato Urinário - ITU

A Infecção do Trato Urinário (ITU) pode ocorrer em qualquer parte do sistema urinário, em locais como rins, bexiga, uretra e ureteres, sendo mais comum na parte inferior do trato urinário, onde ficam bexiga e uretra.

CAUSAS

O local da infecção determina os tipos, causas e sintomas, sendo de quatro tipos:

  • Cistite – infecção na bexiga;
  • Uretrite – infecção na uretra;
  • Pielonefrite – infecção nos rins;
  • Infecção nos ureteres.

Para contrair infecção urinária são considerados fatores como:

  • A uretra é menor, permitindo com que a bactéria chegue mais rápido até a bexiga;
  • Ter uma vida sexualmente ativa;
  • Uso de alguns tipos de contraceptivos, como espermicidas;
  • Após a menopausa ocorre a queda de estrogênio, causando mudanças no trato urinário deixando-o mais vulnerável à ação de bactérias;
  • Bloqueio no trato urinário como pedra nos rins e aumento da próstata;
  • Sistema imunológico debilitado reduz as defesas do organismo;
  • Uso de cateter para urinar.

SINTOMAS

O tipo de infecção determinará os sintomas. Embora não seja comuns, pacientes com infecção urinária geralmente apresentam:

  • Ardência forte ao urinar;
  • Maior frequência e vontade de urinar;
  • Urina escura e/ou acompanhada de sangue;
  • Urina com cheiro forte;
  • Dor pélvica e/ou no reto;
  • Incontinência urinária.

 

DIAGNÓSTICO E EXAMES

Procure um médico de sua confiança, de preferência um especialista em Uroginecologia. Ele pode te informar sobre questões como:

  • Possíveis diagnósticos alternativos para os sintomas;
  • Exame necessários para o diagnóstico;
  • Tipo de infecção urinária x sintomas;
  • Sobre medicamentos;

Procure levar em mãos respostas para perguntas como:

  • Início dos sintomas;
  • Eles aliviam após urinar?;
  • Frequência com que você urina ao longo do dia;
  • Qual medicamento você está tomando?

O Diagnóstico para Infecção urinária pode ser feito por:

Exame de urina: é o método mais comum, onde é procurado leucócitos ou sangue na urina.

Cultura de urina: A amostra do paciente é utilizada para cultivar a bactéria em laboratório, facilitando a identificação da bactéria. Dessa forma, torna-se mais simples definir a medicação adequada.

Exames de imagem: a tomografia ou ultrassom podem ser usadas para diagnosticar possíveis anormalidades no trato urinário.

Cistoscopia: em alguns casos esse procedimento pode ser realizado para analisar as partes internas da bexiga e da uretra para definir a causa da infecção.

TRATAMENTO

O tratamento de infecções urinárias é geralmente feito à base de antibióticos. Analgésicos para aliviar a dor e a ardência ao urinar também podem ser receitados. Tudo vai depender da frequência que o paciente apresenta quadros infecciosos e do tipo de infecção diagnosticada.

PROGNÓSTICO

No processo de recuperação é recomendado:

  • Ingestão constante de água. Importante para diluir ao máximo a urina e expelir a bactéria do organismo;
  • Evite bebidas com álcool, cítricos ou cafeína, que irritam a bexiga;
  • Para amenizar o desconforto, aplique uma bolsa de água morna no abdômen.

Complicações

Se não tratada, uma infecção urinária pode causar:

  • Infecções recorrentes;
  • Danos permanentes aos rins;
  • Sepse: O risco de infecção do sangue com risco de vida.
  • Aumento no risco de partos prematuros.

PREVENÇÃO

Para prevenir infecções urinárias você pode:

  • Beber muito líquido, principalmente água;
  • Faça uma higienização correta após urinar;
  • Urine após relações sexuais para esvaziar a bexiga.
  • Use absorventes externos em vez de internos e troque de absorvente sempre que for ao banheiro;
  • Não use produtos que contenha perfumes na área genital;
  • Evite calças muito apertadas;
  • Use calcinha e meia calça de algodão, trocando-as  ao menso uma vez por dia.
Ainda tem dúvidas?
Contate a gente, vai ser um prazer ajudar!