Cirurgias minimamente invasivas

Cirurgias minimamente invasivas

 

As inovações tecnológicas permitem a realização de cirurgias minimamente invasivas que dão aos pacientes e aos médicos benefícios consideráveis sobre os procedimentos tradicionais. A Cirurgia Minimamente Invasiva está disponível para o tratamento de diversas patologias e, principalmente, para uso ginecológico. O elevado nível de segurança do procedimento gera grandes vantagens aos pacientes, como:

​​- Menor tempo cirúrgico;

– Cortes menores e menor sangramento;

– Menor tempo de internação;

– Diminuição das dores e complicações pós-cirúrgicas;

– Rápida recuperação no período pós-operatório.

Estes procedimentos, para os médicos, oferecem uma visão ampliada do campo operatório, instrumentos articulados que proporcionam maior amplitude de movimentos e melhor ergonomia durante o procedimento. Com isso, o médico visualiza as estruturas em grande detalhe, que por meio do procedimento tradicional não seria possível.

As cirurgias minimamente invasivas oferecem amplas vantagens no campo da ginecologia, como no tratamento de doenças do útero, ovários e trompas. Os procedimentos são mais seguros, principalmente quando falamos dos órgãos reprodutivos, tão essenciais para a saúde da mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 200px;}